30 de outubro, Dia Nacional dos Comerciários

Com a ação dos sindicatos nas campanhas salariais, garantimos, nas convenções coletivas, o dia da categoria comerciária em uma das segundas-feiras de outubro. A vitória de fechar o comércio nesse dia é o reconhecimento de quem vende a realização de sonhos e faz o setor ser um dos mais fortes da economia, especialmente em Salvador (3º maior do País).

Mas, não podemos esquecer daqueles cinco mil comerciários do Rio de Janeiro, que, em 29 de outubro de 1932, caminharam até o Palácio do Catete para conversar com o então presidente Getúlio Vargas. Lá, exigiram a redução da jornada de trabalho (de 12 para 8 horas) e o direito ao descanso nos domingos. Assim, no dia 30, o presidente assinou o Decreto de Lei 4042, acatando as duas reivindicações da categoria.

Portanto, é um dia luta, reflexão e celebração. Em Salvador, o Sindicato dos Comerciários, o Sintrasuper e a FEC Bahia rechearam o mês de outubro com várias atividades para contemplar os trabalhadores e as trabalhadoras do comércio. Tivemos o torneio de futebol society, masculino e feminino, na Arena Imbui; espetáculos teatrais no Teatro Dias Gomes; roda de conversa sobre câncer de mama e palestra sobre DST-Aids.

Trata-se de um dia que entrou para a história dos comerciários do Brasil e que nos estimula a seguir lutando por dias melhores para quem faz o comércio de Salvador ser forte. Temos novos desafios a vencer, como impedir a reforma da Previdência, anular os efeitos da reforma trabalhista e derrotar quem está apoiando Michel Temer e sua política perversa.

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado