Mobilização para Conferência Municipal de Saúde

O Conselho Municipal de Saúde de Salvador realizou, em agosto, no Centro Cultural da Câmara de Vereadores, uma plenária preparatória para a 14ª Conferência Municipal de Saúde. O objetivo foi discutir as condições da saúde no município, fazendo um balanço do Sistema Único de Saúde (SUS) e, principalmente, debater a PEC 55, que congela por 20 anos os gastos sociais com educação e saúde.

Representaram a categoria comerciária as dirigentes do Sindicato Rubiraci Almeida (Cherry), atual presidente do Conselho, e Carine Dias, secretária de Saúde da entidade. “A PEC 55 aprovada no Congresso só veio para prejudicar ainda mais a saúde dos trabalhadores. Esse congelamento da cota da saúde, que está na Constituição, prejudicará a gestão dos hospitais, a vida dos funcionários e, principalmente, o atendimento aos trabalhadores em geral”, relatou Carine.

Ainda segundo a dirigente, estar em eventos como esse é de grande importância, “pois ao adquirir o conhecimento, temos propriedade no assunto para poder passar para a categoria. A plenária faz parte da segunda etapa da 14° Conferência Municipal, que acontecerá ainda neste mês de setembro.”

Por: Karoliny Lima, estagiária em Jornalismo do SindCom

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado