Piada pronta: Temer diz que não há crise no Brasil

Segundo dados divulgados, hoje (7), pelo IBGE os preços de produtos e serviços cairam ou estão caindo no Brasil. A deflação, no entanto, significa os estragos da recessão, desemprego, falta de poder aquisitivo dos brasileiros.

São 14 milhões de desempregados. E esse é o argumento falacioso para o governo forçar a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária. O governo e sua tropa de choque no Congresso Nacional afirmam – o tempo todo – que as reformas são necessárias para tirar o Brasil da crise.

Mas, surpreendentemente e contraditoriamente, Temer tenta aplicar um golpe de estelionato à comunidade internacional, ao afirmar em Hamburgo (Alemanha), durante a reunião do G20, que no Brasil não há crise. Nem econômica e nem política.

“Você sabe que crise econômica e política […] crise econômica no Brasil não existe. Vocês têm visto os últimos dados”, disse Temer em entrevista coletiva.

“A afirmação de Temer na Alemanha demonstra que o Brasil não precisa de reformas que tirem os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, e também não precisa de um governo que, além de estar moralmente comprometido com a denúncia de corrupção, ainda tenta camuflar a maior crise política, econômica e institucional vivida pelos brasileiros”, afirma o presidente da CTB, Adilson Araújo.

Adilson reitera a necessidade de mobilização popular para defender os direitos trabalhistas, barrar as reformas e por eleições diretas já.

Fonte: Portal CTB

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado