Salvador celebra 20 de Novembro com povo nas ruas

A Bahia celebrou o Novembro Negro 2017 com mobilizações para combater o racismo, além de garantir e ampliar os direitos da população negra. Os comerciários de Salvador se somaram às entidades negras para reforçar essa luta no Dia Nacional da Consciência Negra.

Exaltamos heróis importantes do nosso povo, como Zumbi dos Palmares, Dandara, Luíza Mahin, Luis Gama, Manuel Faustino, Maria Filipa, Nelson Mandela e muitos outros.

Também lembramos que, nos governos de Lula e Dilma, a população negra teve avanços importantes com políticas afirmativas e inclusivas, como o Conselho Nacional de Políticas de Igualdade Racial, o Estatuto da Igualdade Racial e as cotas para negros nas universidades, entre outras.

No 20 de novembro, realizamos a lavagem da estátua de Zumbi, na Praça da Sé, e à tarde, a grande Marcha da Consciência Negra, no Campo Grande. Seguimos lutando para barrar os retrocessos e os ataques do governo Temer aos direitos do nosso povo.

Temos que derrotar o racismo também no mercado de trabalho. Dados da PNAD/IBGE, do último trimestre, revelam que, dos 13 milhões de desempregados no Brasil, 63,7% são negros. Em relação a renda, o trabalhador negro recebe até 56% menos que um trabalhador branco. Isto é ainda pior para a mulher negra.

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado