Cuba rechaça ação contra Lula: “ataque à democracia”

Em nota, Cuba não titubeia em afirmar que o que está acontecendo no Brasil se trata de uma manipulação da luta contra a corrupção com o único propósito de desacreditar e criminalizar “um líder emblemático de Nossa América”. Além de desqualificar organizações políticas combativas e impulsionar um golpe contra a presidenta Dilma, a fim de “liquidar o processo progressista regional”.

Segundo a nota, a condução coercitiva de Lula e a tentativa de golpe parlamentar contra Dilma mobilizam o povo brasileiro a defender seus direitos e as conquistas obtidas nos últimos anos, mas também a população dos países vizinhos, que é consciente da importância de um governo progressista no Brasil para manter todo o continente no rumo progressista.

“Com estes métodos sujos, setores policias, legislativos e judiciais de alguns Estados de nossa região, em estreita aliança com grupos transnacionais de comunicação, oligarquias e o imperialismo, pretendem impor por força aos povos o que não tiveram capacidade de ganhar nas urnas”, diz a nota.

Par Cuba, Lula e Dilma demonstram “valentia e determinação admiráveis” para enfrentar a onda golpista. “O governo da República de Cuba não tem dúvida de que a verdade se abrirá ao passo que o povo trabalhador do Brasil cerrar fileiras em sua defesa, assim como em salvaguarda dos avanços políticos e sociais conquistados pelos governos do PT”.

Fonte: Vermelho

Compartilhe:

Deixe seu recado