Acordo quase assinado, mas lojistas apelam para chantagem

Sindicato não retira processo sobre domingos e feriados; Multa é de R$ 1.000,00 por empregado e continua valendo

Depois de várias reuniões valorizando o entendimento entre os sindicatos para a assinatura da Convenção Coletiva 2018, os lojistas apelaram para uma chantagem: só assinam o acordo – com os reajustes e as cláusulas sociais – se o Sindicato dos Comerciários retirar o processo que gerou a liminar impedindo a abertura das lojas em domingos e feriados recentes, desde o dia 21 de abril. E que continua valendo.

Não podemos aceitar esse absurdo. É um desrespeito com quem se negocia por vários anos. Ora, a liminar só saiu porque os empresários não assinaram o acordo, que define as regras de trabalho aos domingos e feriados, como determinam as leis federal e municipal. Infelizmente, eles preferiram seguir o decreto inconsistente da Prefeitura.

A multa que eles devem por descumprirem a liminar é de R$ 1.000,00 por cada empregado que trabalhou nestes dias. E continua valendo. Vale lembrar que o SINDLOJAS, a Federação do Comércio e os shoppings de Salvador ingressaram com ações para derrubar a liminar, mas prevaleceu o justo direito dos comerciários.

Negociação e manifestações por um bom acordo. Chantagem, não!

 

Compartilhe:

Deixe seu recado

Deixe seu recado