Fonte Nova pronta no aniversário de Salvador em 2013

“Ainda não dá para falar com quem estamos negociando, porque a concorrência é grande. Está todo mundo querendo esse tipo de evento. Mas fizemos alguns contatos” disse ao site lancenet.com.br, o secretário da Copa na Bahia, Ney Campello.

Salvador está ao lado de Recife como as capitais que ainda podem ser retiradas da programação da Copa das Confederações, caso a entidade entenda que o andamento das obras não é o adequado. A Arena Fonte Nova tem previsão de término em dezembro deste ano e está orçada em R$ 591,7 milhões. Até o momento, dados do governo federal dizem que 56% das obras já foram cumpridas.

O Secretário Estadual da Secopa, Ney Campello, participa do projeto Promoção Rumo a Copa do Mundo 2014 promovido pela Match Connections, nos Estados Unidos, com a finalidade de destacar a Bahia como um dos principais destinos de turismo antes, durante e depois dos megaeventos esportivos, além de fomentando a economia baiana.

Visando a oportunidade, o Secretário se reunirá com empresários esportivos, voltados para a venda de ingresso, buscando mais opções e aperfeiçoamento, já que esse setor ganhou maior proporção com a confirmação da seleção brasileira no gramado da Arena Fonte Nova durante Copa das Confederações em junho de 2013.

Além de encontros, o Secretário Ney Campello é o convidado especial, para palestrar em um evento esportivo na Philadelphia, onde irá falar dos preparativos e da importância da Copa de 2014 para os brasileiros. Na ocasião também estará presente o Embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Mauro Vieira.

Trazer a seleção americana para as terras baianas para um período de aclimatação ou até mesmo se hospedar em um dos Centros de Treinamento de Seleções é também um desejo levado na viagem.

Com a seleção brasileira em campo e articulações elaboradas, sem dúvida, brasileiros terão mais do que títulos esportivos e sim bons legados, em especial o reconhecimento internacional da potencialidade receptiva.

Compartilhe:

Deixe seu recado