Assembleia quinta-feira (17/03), às 19h

Diante da proposta do setor patronal, que ofereceu reajuste de 2,97% para os comerciários do setor lojista e 2% para os trabalhadores dos supermercados, uma nova assembleia com os comerciários está agendada para quinta-feira (17/03), às 19h, no Sindicato. A ordem é construir paralisações no comércio de Salvador para garantir bons acordos e novos benefícios.

A proposta do setor patronal não reflete a realidade do comércio, que cresceu 10,1% em 2010. Os empresários insistem em negar o bom momento da economia, alegando perdas pontuais, e se recusam em oferecer benefícios e reajustes dignos aos trabalhadores que colaboram com esse crescimento.

Duas novas reuniões de negociações foram agendadas para o mês de março, quando Jaelson Dourado espera que as entidades patronais reflitam sobre as propostas apresentadas, visto que o crescimento do setor é notório. “O comércio está crescendo. Desde de 2004 apresenta um forte índice de crescimento, momento ideal de buscar a melhoria para os trabalhadores. A valorização dos comerciários que passa pelo bom reajuste salarial”, afirmou.

Reivindicações da categoria:

Reajuste salarial de 19,5%, correspondente a inflação do período e o crescimento do setor em 2010; Dia dos Comerciários (17/10); Pagamento de todos os domingos do ano, tendo em vista que os estabelecimentos funcionam todos os dias da semana e só remuneram 34 domingos do ano, entre outros.

Compartilhe:

Deixe seu recado