Baianos garantem vaga no Pan

Sem piscinas olímpicas para treinamentos e grandes competições no Estado, a natação baiana continua fazendo bonito nas maratonas aquáticas. Ontem, na etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, realizada em Santos, Poliana Okimoto, Ana Marcela Cunha e Allan do Carmo garantiram a classificação. A outra vaga está entre Victor Colonese e Victor Simões que aguardam a definição da ordem de chegada (que não havia sido definida pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos até o início da noite de ontem).

Dos classificados, apenas Poliana Okimoto não é baiana. Os outros quatro nasceram na Bahia, mas somente dois continuam nadando no Estado. Allan do Carmo e Victor Simões treinam na Aceb, com o técnico Rogério Arapiraca. Já Ana Marcela e Victor Colonese estão defendendo o Unisanta, de Santos. A prova de ontem, com o percurso olímpico de 10 quilômetros, era seletiva para os nadadores da América do Sul e oferecia sete vagas por sexo ao país do atleta. No total, 91 nadadores de 21 países participaram da etapa. O alemão Thomas Lurz e a argentina Cecília Biagoli foram os vencedores da maratona aquática.

Allan do Carmo, que terminou a prova na quarta colocação, foi o melhor brasileiro. “A prova foi muito disputada e agora no fim tinha uma correnteza traiçoeira, que traiu muita gente”, comentou o nadador. Já Ana Marcela, foi a segunda melhor brasileira. Na quinta colocação, ela ficou atrás de Poliana Okimoto (vice-campeã). “Apertei muito no fim para pegar a Cecília, que tinha disparado, e faltou gás. Pelo menos deu pra garantir a segunda vaga brasileira”, comemorou a baiana. A prova distribuiu 20 mil dólares em prêmio para os oito melhores no masculino e no feminino. Os vencedores ganharam US$ 2.500 e os vices US$ 2 mil. Os medalhistas de bronze receberam US$ 1.500. Depois os prêmios foram de 1.200, 1.000, 800, 600 e 400 dólares.

Participaram da prova atletas da Albânia, Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Bulgária, Chile, Eslovênia, Espanha, EUA, Equador, Grécia, Israel, México, Peru, Portugal, República Tcheca, Suíça, Ucrânia, Uruguai e Venezuela.

Compartilhe:

Deixe seu recado