Bancos cortam 6.785 postos de trabalho em um ano

As cinco maiores empresas em atividade no país (Itaú, Bradesco, BB, Santander e Caixa) cortaram 6.785 postos de trabalho no primeiro semestre.

No Bradesco, em 2015 eram 802 correntistas para cada bancário. Hoje são 869. Aumento de 8,2% em um ano. No mesmo período, a organização financeira, segunda maior do Brasil, reduziu em 1,7% o número de funcionários por agência.

O descaso dos bancos faz da categoria bancária uma das que mais adoece. Em média, por ano, 18 mil trabalhadores do setor são afastados das atividades, 33% são por conta das LER/Dorts, 60% dos registros estão ligados a problemas psicológicos e 7% a acidentes.

Nesta terça-feira (20/9), a greve dos bancários completa o décimo quinto dia de mobilização, 13.071 agências tiveram as atividades paralisadas. A greve nacional dos bancários 2016 é a maior da história.

Fonte: CTB Bahia

Compartilhe:

Deixe seu recado