Bompreço vira símbolo de sujeira e falta de cuidado com os produtos e o cliente

Baratas, sujeira, acondicionamento irregular de alimentos, mofo… Não faltam problemas. O leitor George David, por exemplo, reclamou da loja do IAPI. “Já fiz denúncias junto aos órgãos responsáveis (ou irresponsáveis) há mais de um mês e nenhuma providência foi tomada. Essas fotos retratam algumas das várias imundícies que podem ser encontradas nessa loja.

Não verifico essa situação em outras lojas de bairros classe A”, disse. Mas David se engana. O Bompreço Chame-Chame é o recordista de queixas: somente na última semana, chegaram fotos e vídeos ao Grupo Metrópole que mostram baratas andando entre as embalagens e uma goteira bem em cima de alimentos congelados.

Vendida em 2004 para o grupo Walmart, a rede Bompreço, tão popular no Nordeste, vai perdendo o moral que demorou tanto tempo para conquistar.

“Absurdo, falta de respeito”

A leitora Silvana Salomão, que flagrou a goteira em cima de lasanhas congeladas, testemunhou o armengue com o qual a loja do Chame-Chame “resolveu” o problema. “A bacia é para aparar a água da chuva que cai sobre os alimentos. Além disso, verifiquei que as polpas de manga (somente estas) estavam descongeladas. “Absurdo e falta de respeito com o consumidor”, critica.

Por meio de sua assessoria de comunicação, o Bompreço declarou que “todas as providências estão sendo adotadas pelas lojas para que esses fatos não voltem a acontecer” e afirmou que iniciou e formas estruturais em algumas unidades para evitar novos transtornos, embora não tenha informado onde tais melhorias acontecem.

Muitas baratas

Nas lojas do Imbuí e do Matatu de Brotas, as principais reclamações dizem respeito à presença de baratas no meio dos produtos. Quanto a isso, o Bompreço alega ter alterado o acondicionamento de mercadorias nos depósitos das unidades.

Segundo a assessoria de comunicação da rede, que “lamenta os incidentes registrados”, o fim do armazenamento dos produtos em racks vai reduzir o risco de proliferação de pragas.

Compartilhe:

Deixe seu recado