Centrais anunciam paralisação contra o golpe para 10 de maio

Circular da Frente Brasil Popular orienta a realização de ações que pressionem os Senadores nas suas bases eleitorais para que votem contra o Impeachment. “Cada estado deverá desenvolver uma estratégia de pressão que deverá envolver várias formas simultâneas: e-mail, redes sociais, telefone, lambe-lambe, abordagens nos aeroportos, residências, escritórios, atos públicos”.

A Frente Brasil também divulgou calendário com uma série de ações previstas para acontecerem a partir desta quinta-feira (28) direcionadas aos “senadores que ainda não firmaram publicamente o seu voto”. A circular informativa da Frente orienta para os tipos de abordagem aos senadores; “Lembrando que a abordagem com os indecisos deverá ser diferente da abordagem com os Senadores abertamente golpistas, pois visam garantir o convencimento do voto contra o Golpe”.

Confira abaixo a lista dos senadores indecisos e a agenda contra o golpe

1- Eduardo Braga (PMDB/AM)
2- Eunício Oliveira (PMDB/CE)
3- Hélio José (PMDB/DF)
4- Jader Barbalho (PMDB/PA)
5- João Alberto Souza (PMDB/MA)
6- Rose de Freitas (PMDB/ES)
7- Simone Tebet (PMDB/ MS)
8- Acir Gurgacz (PDT/RO)
9- Elmano Férrer (PTB/PI)
10- Vicentinho Alves (PR/TO)
11- Wellington Fagundes (PR/MT)
12- Antônio Carlos Valadares (PSB/SE)
13- Cristovam Buarque (PPS/DF)
14- Fernando Bezerra (PSB/ PE)
15- Roberto Rocha (PSB/MA)
16- Benedito de Lira (PP/AL)
17- Omar Aziz (PSD/AM)
18- Reguffe (Sem partido/DF)

Agenda contra o Golpe

Segue abaixo as principais agendas da Frente Brasil Popular e da tramitação do processo de Impeachment no Senado:

28/04 – Dia Nacional de Paralisação nas Universidades brasileiras contra o Golpe e em defesa da democracia.
28/04 à 11/04 – Pressão sobre os Senadores nas suas bases eleitorais.
28/04 – Na comissão do Senado: Acusação.
29/04 – Na comissão do Senado: Defesa.
1/05 – Atos do 1º. de Maio em todo país.
4/05 – Na comissão do Senado: Apresentação do relatório.
5/05 – Dia Nacional de Luta contra a Globo e o golpismo midiático
6/05 – Reunião do Coletivo Nacional da Frente Brasil Popular
6/05 – Na comissão do Senado: Votação do relatório na comissão.
10/05 – Dia Nacional de Paralisação e Mobilização contra Golpe
11/04 – No plenário do Senado: admissibilidade estará pronta para ser votada
12/05 – Publicação do resultado.*

*As datas envolvendo a votação no Senado são uma projeção, podendo sofrer modificações de acordo com a dinâmica institucional.

Fonte: Portal Vermelho

Compartilhe:

Deixe seu recado