Centrais marcam ato unitário para 24 de maio, em Brasília

Como resultado dessa união, foi marcado um ato conjunto para o próximo dia 24 de maio, em Brasília, no qual os sindicalistas reafirmaram suas bandeiras de luta e prepararão um grande ato nacional, ainda para 2011.Segundo o presidente da CTB, Wagner Gomes, o ato do dia 24, a ser realizado no Congresso Nacional, representa o fortalecimento da unidade das centrais sindicais. “Precisamos retomar a Agenda que preparamos em conjunto no ano passado, por conta da Conclat. Sem essa unidade, a correlação de forças fica muito desfavorável. O desenvolvimento que queremos para o Brasil depende dessa nossa disposição de atuar conjuntamente”, afirmou.

Além de Wagner Gomes, também participaram da reunião desta segunda-feira o secretário-geral da CTB, Pascoal Carneiro, o secretário de Relações Institucionais, Joílson Cardoso, e o secretário adjunto de Relações Internacionais, João Batista Lemos. Durante a reunião, foram definidas seis bandeiras prioritárias:- o fim do fator previdenciário;- a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salários;- o fim das práticas antissindicais;- a regulamentação das regras da terceirização;- a regularização da Convenção 151 da OIT;- a agilidade nos trâmites da Convenção 158 da OIT.

Atos por todos os estadosA reunião desta segunda-feira também definiu uma outra agenda de lutas para as centrais sindicais. Definiu-se que no próximo dia 3 de agosto haverá uma série de manifestações em cada um dos estados brasileiros, em defesa das bandeiras acima listadas.“A ideia é que o ato de 24 de maio já inicie a mobilização em vários estados, para que todo esse processo ganhe força e destaque no começo de agosto”, explicou Wagner Gomes.

Compartilhe:

Deixe seu recado