Codecon flagra irregularidades no preço dos ovos de páscoa

Além dos ovos, os fiscais encontraram seis pacotes de biscoitos com data de validade vencida em 16 de março. Na loja Americanas, situada em um shopping no Centro, o ovo Talento 375 gramas com preço na etiqueta de R$ 32,99 estava sendo vendido por R$ 33,99. Os dois estabelecimentos foram autuados por propaganda enganosa.

A fiscalização da Codecon tem o objetivo de garantir que o consumidor adquira produtos de qualidade, em ótimo estado de conservação e que tenha todos os seus direitos respeitados. Entre os produtos fiscalizados, peixes, mariscos e os tradicionais ovos de chocolate.

De acordo com a chefe de fiscalização da Codecon, Rose Estrela, os fiscais estão sendo orientados para verificar se os comerciantes seguem as normas do Código de Defesa do Consumidor, especialmente quanto ao peso e preço dos ovos de páscoa e ao adequado congelamento e acondicionamento dos frutos do mar.

“Nosso objetivo é garantir o direito do consumidor e evitar que ele seja lesado por propaganda enganosa. Os fiscais também estão sendo orientados para verificar prazo de validade, estado de armazenamento, origem e eventuais irregularidade na informação dos preços dos produtos”, garantiu Estrela.

Para a auxiliar de serviços médicos, Patrícia dos Santos Batista, 40 anos, além da Semana Santa, a fiscalização deveria acontecer pelo menos uma vez por mês. Segundo ela, muitos consumidores são lesados em supermercados principalmente quando se trata de preço. “Muitas vezes o preço no encarte é diferente do cobrado no caixa. Muitas vezes pagamos a mais por um produto e nem percebemos”, ressaltou.

Os fiscais da Codecon, por sua vez, recomendam que os consumidores solicitem a nota fiscal no ato da compra, pois desta forma será possível efetuar a troca do produto, e que estejam atentos no ato da compra, verificando se os frutos do mar e peixes estão com boa consistência e devidamente congelados.

Os supermercados que forem flagrados com irregularidades serão autuados e terão dez dias para apresentar defesa. A multa varia de R$ 200 a 3 milhões de reais. A fiscalização está sendo realizada em grandes e pequenos mercados da capital e se estende até o dia 4 de abril. Interessados em fazer reclamação devem entrar em contato com a Codecon pelo número 2203-3417.

Compartilhe:

Deixe seu recado