Comemoração e reflexão no Feriado do Comerciário

Ao som do hino nacional, executado pela banda da guarda municipal, fogos de artifícios e revoada de pombos foram hasteadas as bandeiras do Brasil, da Bahia e de Salvador e foi aberta a programação preparada para receber os cerca de 10 mil comerciários e familiares, que foram ao local celebrar o seu dia.

Programação
O Concurso Top Model Sesc 2012, que elege o comerciário e a comerciária mais bonitos da Bahia, mais uma vez abriu a programação, mas as piscinas foram os locais mais disputados e ficaram cheias de crianças e adultos durante todo o dia. O comerciário Hugo Veloso aproveitou o dia em família. “É ótimo ter um dia para comemorar o nosso trabalho, e é bom porque valoriza os comerciários que trabalham muito e precisam se divertir.”, destacou. O momento mais esperado do dia foi o show de Silvano Salles, e a comerciária Janete Silva, que fez aniversário no feriado, aproveitou para comemorar em grande estilo. “O bolo vai ser aqui mesmo até o final do dia, e ainda vou dançar um arrocha com Silvano Salles.”, falou animada a aniversariante.

Ano eleitoral
A data é de comemoração e reflexão, especialmente por se tratar de ano eleitoral, como destacou Jaelson Dourado. “Hoje é um dia de lazer mas, acima de tudo, é um dia de reflexão, porque o trabalhador precisa refletir sobre nossas lutas e o ambiente de trabalho. Estamos prestes a escolher nosso representante municipal e não podemos esquecer que durante o mandato de Imbasshay a categoria foi obrigada a trabalhar de graça aos domingos e feriados por causa da Lei do Comércio Livre criada por ele. Após muita luta conseguimos derrubar a Lei e negociar o pagamento. Próximo domingo é dia de eleição e nós comerciários precisamos estar atentos para eleger o melhor para os comerciários e para os trabalhadores.”, declarou.

Feriado há 17 anos
O feriado do comerciário é garantido na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) através de muita luta e negociações há 17 anos. Porém, muitas empresas desrespeitam a CCT, abrem suas portas e exigem a presença dos trabalhadores no local de trabalho. Este ano o Sindicato esteve nas ruas para fiscalizar e impedir que os comerciários fossem obrigados a trabalhar no seu dia. “Estamos com uma equipe nas ruas para flagrar as empresas que estão desrespeitando o feriado do Dia dos Comerciários e posteriormente vamos entrar com processo na justiça para que sejam punidas e os trabalhadores que laborarem na data sejam beneficiados.”, completou Adilson Alves, presidente do Sintrasuper.

Compartilhe:

Deixe seu recado