Comerciários do Bompreço São Rafael paralisam atividades

Os comerciários do Bompreço São Rafael cruzaram os braços na manhã desta quinta-feira (03/03) em protesto contra atos de assédio moral praticados pelo gerente da loja, que vem tratando os funcionários com agressões verbais e intimidações, além de ameaçar demitir indevidamente os trabalhadores por justa causa. A paralisação durou cerca de duas horas e os clientes que estiveram no local foram informados pelo Sindicato sobre os motivos da greve.

Os supermercados tem sido denunciados constantemente por atos dessa natureza e a rede Wal-Mart é campeã no assunto. A prática de assédio moral é crime previsto na Legislação Brasileira. Recentemente um grupo de trabalhadores da loja Sam’s Club moveu uma ação conjunta contra a rede devido a atitudes de assédio moral promovidas pelo gerente da loja contra os funcionários. O Sindicato dos Comerciários tem cobrado ações do Ministério Público e da Superintendência Regional do Trabalho através do seu Departamento Jurídico, a fim de evitar que tais abusos continuem ocorrendo, prejudicando a vida dos trabalhadores.

O setor é responsável por um grande número de profissionais que sofrem com diversos tipos de doenças e distúrbios devido a pressão exercida pelos chefes e até mesmo pelos clientes. Na Campanha Salarial 2011 o Sindicato vai atacar as empresas que estiverem criando esses tipos de problemas para os trabalhadores. “É inadmissível que em pleno século 21 uma empresa multinacional como a Wal-Mart coloque em seus quadros gerentes com perfis que só vimos na década de 80, na era Paes Mendonça. As práticas cometidas são de assédio moral, considerado crime pela legislação atual. Se a empresa não tomar uma providência, a próxima paralisação será por mais tempo”, afirmou Antonio Suzart, diretor responsável pelo setor de supermercados.

Compartilhe:

Deixe seu recado