Comerciários em ato por direitos dos trabalhadores

O Fórum das Centrais Sindicais na Bahia, composto pela CTB, CGTB, Força, NCST e UGT, promete agitar todas as regiões no estado em defesa da redução da jornada de trabalho sem redução de salários; fim do fator previdenciário; combate às práticas antisindicais; reforma agrária e ratificação das convenções 158 e 151 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), efetivação da Reforma Agrária e o fortalecimento da agricultura familiar, sobretudo, pela imediata implantação do piso salarial no Estado da Bahia de R$ 650,00. Além disso, vamos lutar pela aprovação do projeto de lei para regulamentação da profissão do comerciário.

Durante todo o mês de julho, as Centrais estarão mobilizadas para participar das atividades uni­tárias que compõem o calendário de lutas em defesa da Agenda dos Trabalhadores. A cada semana, os sindicalistas farão vigílias no Con­gresso Nacional com o objetivo de pressionar os parlamentares a colocarem na pauta de vota­ção matérias como a redução da jornada de 44 para 40 horas.

Compartilhe:

Deixe seu recado