Trabalhadores unidos no Dia Internacional de Ação

“Hoje é um dia importante, em que a Federação Sindical convoca a classe trabalhadora para levantar a voz e exigir dignidade da vida humana e nas condições de trabalho. Em Salvador os comerciários não poderiam ficar de fora. Estamos incorporando as lutas gerais às nossas pautas específicas. Queremos deixar claro que somos contrários ao fator previdenciário; ao PL 4.330, que amplia as terceirizações e aos leilões dos campos de petróleo. “, declarou Jaelson Dourado, presidente do Sindicato.

União e luta

Os comerciários de Salvador realizaram manifestações nos shoppings Iguatemi e Center Lapa e participaram do grande ato na avenida Sete de Setembro, a tarde, que reuniu centrais sindicais e trabalhadores de diversas categorias como: bancários, metalúrgicos, professores entre outros, para reivindicar: educação; redução da carga horária de trabalho; segurança; alimentação; transporte público de qualidade e mobilidade urbana; entre outros. “O setor de supermercado se transformou em local de tortura. E neste dia estamos iniciando mais uma etapa de luta em defesa não só das bandeiras dos trabalhadores do setor, e sim em geral do povo brasileiro. “, completou Adilson Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Supermercados.

 

 

 

Compartilhe:

Deixe seu recado