Comerciários fazem bonito na avenida com o Bloco O Grito

“Cultura é qualidade de vida, é isso que a categoria precisa. Estivemos na Lavagem do Bonfim, na Festa de Iemanjá e agora no carnaval, sempre levando para as ruas as nossas campanhas a fim de unir diversão, lazer, cultura e reivindicação”. disse Marcelo Bizerra, Coordenador da Secretaria de Cultura.

Campanha salarial 2012

Mais uma vez as bandeiras de lutas ganharam espaço e foram palavras de ordem, especialmente porque a categoria está em plena campanha salarial e pretende garantir bons acordos, como destacou o Presidente do Sintrasuper Adilson Alves. “Estamos abrindo o carnaval com os comerciários de Salvador com o objetivo de conseguir acordos dignos na campanha salarial de 2012. Os trabalhadores atenderam ao nosso chamado e estão aqui mais uma vez participando desta festa e das nossas lutas, especialmente os trabalhores e trabalhadoras dos supermercados, que não tem tempo para o lazer e o carnaval de Salvador, por ser uma festa de rua e democrática, abre espaço para todos se divertirem”, falou Adilson.

Folião assíduo

O aposentado José Hélio Orrico, de 64 anos, é folião assíduo do bloco. Vestido a caráter com sombrinha, óculos, peruca e diversos outros acessórios, o ex comerciário se destacou em alegria e animação. “Participo todos os anos do bloco dos comerciários com muito orgulho. Fui comerciário por muitos anos e nunca tive a oportunidade de estar presente em atividades para a categoria como vem acontecendo há alguns anos. Em todos os eventos do Sindicato estou presente porque sinto que é uma forma de valorizar o trabalhador que não tem opções de lazer. A nossa categoria é muito importante para a cidade, por isso precisa ser valorizada”, pontuou o aposentado.

Domingo de carnaval sem trabalho no comércio de Salvador

A primeira grande vitória de 2012 foi conquistada com o apoio da categoria, que se uniu em uma grande campanha nas redes sociais para impedir que os Shoppings da cidade abrissem suas lojas no domingo de carnaval. Uma conquista que teve o apoio da FEC Bahia para impedir mais um abuso no comércio de Salvador. “Estamos todos de parabéns por mais esta conquista. Convocamos os trabalhadores para mais esta luta e eles nos apoiaram. Sem esse apoio não haveria conquista. Mais uma demonstração de que devemos nos manter unidos para garantir novas conquistas e a FEC estará presente e apoiando a fim de que os trabalhadores e trabalhadoras sejam sempre os beneficiados”, destacou Reginaldo Oliveira, Presidente da FEC Bahia

Mulher comerciária

As comerciárias também foram representadas na folia. Creches nas empresas, equiparação salarial, ocupação em cargos de chefia, entre outros, ganharam destaque junto ao público feminino, que em março poderá participar da 2ª edição da Feira de Cidadania da Mulher Comerciária que, entre outras questões, vai abordar temas como: violência contra a mulher e a situação da mulher no mercado de trabalho e suas implicações. “Mais uma vez estamos nas ruas com temas importantes para a categoria. Queremos levar para a sociedade alegria e também nossas reivindicações. Aproveitamos para convidar as comerciárias para o nosso evento do Dia Internacional da Mulher, que este ano vamos comemorar no dia 06/03, na praça do Iguatemi. Nossa categoria é importante e a mulher representa 52% do total de trabalhadores, nada mais justo que prestar uma homenagem levando informação e conhecimento para a comerciária comemorar o seu dia”, completou Cherry Almeida.

Compartilhe: