Plano Inclinado – comerciários cobram soluções

Na manhã desta segunda-feira (23/05) representantes do Sindicato dos Comerciários e da Federação do Comércio da Bahia (Fec-Bahia) estiveram em reunião com o Secretário da Casa Civil, João Leão. O encontro teve como objetivo cobrar soluções para a reabertura do Plano Inclinado Gonçalves, localizado no comércio, que encontra-se fechado há mais de 100 dias, prejudicando o comércio e os comerciários da região.

O equipamento teve suas atividades paralisadas por falta de pagamento aos trabalhadores terceirizados, mas o Secretário condicionou o fechamento a rachaduras na estrutura do prédio, e marcou uma visita ao local para o dia 26/05, quando também estarão presentes representantes da Coelba, Ipac, Sindilojas, Codesal, entre outros. “Já contratamos uma empresa de engenharia para emitir um parecer técnico”, disse o Secretário.

Na semana passada o Sindicato realizou uma manifestação no local que reuniu comerciários, autoridades e representantes dos lojistas. “O problema precisa ser resolvido. Vamos fazer a visita na quinta-feira para acompanhar as atividades da Prefeitura, que precisa fazer o escoramento da parte que está com rachadura. Mas o Plano Inclinado é um patrimônio do povo e não pode ficar parado, porque também prejudica o comércio e os comerciários”, afimou Jaelson Dourado, Presidente do Sindicato dos Comerciários.

Devido a falta de circulação de pessoas no local, o comércio vem registrando queda de 60% nas vendas, o que tem provocado demissões e fechamento de lojas. “A paralisação do Plano não é só uma questão de estrutura, há também falta de pagamento aos trabalhadores terceirizados, que entraram em greve e não retornaram. Sabemos que existe alguns problemas nas casas ao lado que comprometem a estrutura do prédio, mas é importante que haja um parecer técnico que comprove o problema físico”, completou Reginaldo Oliveira, Presidente da Fec-Bahia.

Compartilhe:

Deixe seu recado