Decretado estado de greve nos supermercados de Salvador

O setor está aquecido. Segundo o Dieese, nos últimos 10 anos teve 54,99% de crescimento nas vendas enquanto o trabalhador amargou aumento de apenas 5,46% de ganhos reais. As medidas do governo de desoneração da folha de pagamento; redução da tarifa de energia elétrica e a isenção dos impostos federais na cesta básica vão colaborar ainda mais com as vendas.

Nos supermercados o funcionário convive com todo tipo de problema. Humilhações, perseguições e maus tratos fazem parte da rotina dos trabalhadores, que estão perdendo suas vidas para os bandidos, atraídos para os establecimentos devido aos caixas de bancos e lotéricas instalados nos locais. Além disso, os comerciários do setor trabalham todos os domingo do ano (52) e só recebem por 38, 14 domingos são trabalhados sem remuneração.

Compartilhe:

Deixe seu recado