Departamento de Gênero promove seminário

O evento foi aberto pela secretária de gênero do Sindicom, Rosimeire Correia, que conceituou gênero e etnia, para que os diretores participantes pudessem ter uma base para discussão.

Rosimeire disse que gênero é um termo que pode ter várias referências, sendo o principal deles, a diferenciação entre homem e mulher. Mas, também pode ser usado como sinônimo de sexo e como referencial das diferenças sociais.

No que se refere a etnias, Rosimeire argumentou que o termo representa a consciência de um grupo de pessoas que se diferencia de outros em diversos aspectos como culturais, históricos, linguísticos, raciais, artísticos e religiosos. “Portanto, é um conceito mutável que sofre a influência das mudanças como o aumento populacional e o contato entre povos de diferentes culturas”, enfatiza a secretária.

A secretária do Sintrasuper, Taina de Jesus foi responsável pela conceituação sobre raça e geração. Ela apresentou a tese de que raça é um conceito que obedece diversos parâmetros para classificar diferentes populações de uma mesma espécie biológica, em consonância com suas características genéticas e fenotípicas.

Sobre geração, Taina disse que, com a virada do século, o conceito de geração supera o seu espaço nas análises sociológicas, que indicam, não somente as diferenças de classe, mas ainda as desigualdades de gênero, étnico-raciais, culturais e geracionais.

Após a apresentação dos conceitos, os participantes puderam opinar, no sentido de compreender teoricamente os temas, para traduzir na atuação cotidiana do sindicato.

Em seguida, a diretora Dalva Leite apresentou um relato da história do Departamento e Rubiraci Almeida (Cherry) apresentou um diagnóstico, à partir da atuação da gestão anterior. Na sequência, os diretores fizeram suas propostas para a construção do plano do departamento.

Compartilhe:

Deixe seu recado