Enem pode garantir acesso a 56 faculdades públicas

O Sisu é um mecanismo informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), no qual instituições públicas de ensino superior, especialmente as universidades federais, oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. Na Bahia, cerca de 92 mil estudantes se inscreveram no Sisu.

O elevado número de inscrições conferiu ao Estado o quinto lugar na lista de maior número de inscrições, ficando atrás do Rio de Janeiro (245 mil), Minas Gerais (166 mil), Ceará (156 mil) e Maranhão (105 mil).

Somente no primeiro semestre do ano passado, mais de 95 instituições baianas utilizaram a nota do Enem como forma de seleção. No semestre seguinte, quando o número de processos seletivos é menor, o instituto registrou 56 instituições.

Planos – De acordo com o Inep, ainda não há previsão de quando será divulgado o boletim de desempenho individual, mais os alunos já planejam em quais faculdades poderão se inscrever.

É o caso de Almiro Rocha Silva, 20, que vai tentar, pela segunda vez, uma vaga no curso de enfermagem em três universidades do Estado. Antes mesmo de fazer a inscrição para o Enem, o jovem já havia pesquisado quais as faculdades que destinavam vagas para alunos que obtivessem boas notas no Enem.

“Vou focar a nota em duas universidades públicas e uma particular. Tudo depende da nota, fiz uma boa prova e creio conseguir uma vaga em alguma delas”, disse ele. Já Tâmara Matias, 18, que pretende cursar medicina, quer batalhar por uma vaga em estados onde o número de vagas seja maior. “Vou me inscrever no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, onde o número de vagas é maior. Na Bahia, tentarei em duas particulares”, contou Tâmara.

Compartilhe:

Deixe seu recado