Espetáculo O canto do cisne estreia no TCA

A peça conta a história de um velho ator (Wassil Wassylit) que é esquecido bêbado no camarim, e  quando, ao acordar, se vê sozinho no teatro vazio, apenas com a presença do velho ponto (Nikita Yvanythi), daí então passa a relatar a sua vida exibindo ao publico o domínio da técnica ,emoção e lirismo que aprendeu durante seus quarenta e cinco anos de profissão.

O espetáculo se propõe a defender a arte de representar, fazendo questionamentos sobre o fazer teatral, mostrando a relação do ator com a sociedade, estimulando a reflexão sobre a importância de se valorizar e reverenciar enquanto vivos nossos atores, nossos artistas, nossos criadores e nossos perpetuadores de conhecimentos.

O texto realista, do autor russo Anton Tchekhóv, leva o espectador a refletir a respeito das profissões, o que queremos delas e o que podemos com elas, provocando inúmeros questionamentos sobre nossas escolhas. A encenação coloca em pauta a necessidade de que é preciso valorizar os nossos artistas como bem cultural humano, fortalecendo assim a nossa história cultural e artística.

Inaldo Santana (Estes Moços, Central do Brasil, Guerra de Canudos) encarna o Vassil, e Rai Alves (Jardim Das Folhas, Quincas Berro D’água, Faca de dois Gumes) faz o ponto Nikita, dois experientes atores que, com interpretações emocionantes, encenam o texto de Thecov nos propiciando uma viagem a esse mundo misterioso que é o teatro e suas entranhas.

A montagem busca o naturalismo, e tem como cenário- locação o próprio teatro. Os espectadores são inseridos no teatro no seu momento ocioso, conduzidos para o fundo do palco tendo como pano de fundo a platéia vazia, reforçado pela concepção de iluminação que utiliza-se das luzes de serviço oferecidas pelo teatro, suas variadas cores, nuances e sombras dentro da cena, e traz o público para ver o teatro do ponto de vista do ator, assistindo a peça no palco como ocultos.  “Tiramos o teatro de dentro dele mesmo para possibilitarmos a reflexão. O cisne só canta quando vai morrer, é como se desse a vida sua única vez de expressão artística ao perceber que a morte vai arrebatá-lo”, destaca Bruno Bozzeti, diretor, cenógrafo e maquiador formado na Escola de Teatro da UFBA.

O QUE  – O CANTO DO CISNE com INALDO SANTANA E RAI ALVES
LOCAL – Sala do coro Teatro Castro Alves
QUANDO – 18 à 29 de abril de quarta a domingo
HORÁRIO – 16 e 20h.
INGRESSOS –R$ 10 e R$ 5 (MEIA)
LOTAÇÃO – 60 PESSOAS POR APRESENTAÇÃO
PRODUTORA- Leda Sacramento (ledasacramentomarizinha@hotmail.com)
Maiores informações: (71) 8637- 8884/ 9658 -8983 / 8306 5892
Assessoria de Imprensa – Rai Alves /MTB 2020

Compartilhe:

Deixe seu recado