Falta de itens em supermercados recua dois dígitos

De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (abras), em dezembro, as vendas do segmento apresentaram alta real de 24,17% ante o mês anterior. Segundo o diretor de relacionamento varejo e indústria da NeoGrid, Robson Munhoz, a queda na ruptura está relacionada à tentativa do varejo de melhorar os resultados de 2015.

“Os supermercadistas resolveram abastecer as lojas, pois viram no período de festas, quando as pessoas recebem o 13º salário, uma oportunidade para aumentar as vendas e reverter os saldos, ainda que no último momento”, explicou ele em nota.

Outro motivo apontado para a queda da ruptura é o aumento na cobertura de estoque, índice que aponta o número de dias que o estoque cobre a demanda do consumidor. O aumento da cobertura ocorreu, segundo o estudo, porque houve melhor balanceamento do mix de produtos pelos varejistas, que precisam garantir que determinados itens, geralmente consumidos no período de festas, estejam disponíveis nas prateleiras dos supermercados.

Fonte: Abras

Compartilhe:

Deixe seu recado