Dia do Comerciário é marcado por comemoração e reflexão

“Esta é uma data muito importante para nossos representados, até porque é comemorada há mais de 70 anos devido a força e o trabalho do Sindicato, garantida através de acordo entre entidades patronais e sindicais.”, afirmou Renato Ezequiel, diretor sindical. “Com certeza a data é importantíssima não só para o lazer como para higiene mental, e isso faz com que a gente realmente se sinta bem. E para nós, que trabalhamos todos os dias, merecemos este dia de folga.”, destacou a comerciária Rosena do Alexandro.

Homenagem à Dorival Caymmi

Na programação, que este ano homenageou o centenário de Dorival Caymmi, Concurso Top Model Sesc 2014; Espaço Sorriso, com pintura facial, oficinas de bonecos e narração de histórias; Espaço Cultural, com exposição, oficinas e torneios esportivos; quiosques com grupos de partido alto e palco alternativo, com aulas de ritmos e sorteio de brindes. A grande atração foi o cantor Luiz Caldas, que encerrou as atividades com chave de ouro. “Hoje é um dia muito especial para nós, comerciários, que merecemos uma folga por trabalharmos tanto”, disse Alexandre Correia.

Reflexão e luta

Mas o dia não foi só de festa. “Hoje é um dia de reflexão, luta e de lazer com a família aqui no sesc Piatã. Mas, acima de tudo, precisamos fazer uma reflexão sobre as condições de vida do nosso povo. Assinamos a CCT do setor de supermercados e da federação, com reajustes e ganhos reais para os trabalhadores e garantimos as cláusulas sociais. Mas existe um impasse com o setor lojista, que até então não avançou nas negociações e está emperrando o processo. As cláusulas sociais estão todas mantidas mesmo sem acordo, como garante a Súmula 277 da CLT. O que falta é o reajuste salarial. Desta forma só nos resta dois caminhos: um é abrir processo de dissídio coletivo, na Justiça do Trabalho que já estamos providenciando, o outro é através das mobilizações dos trabalhadores no sentido de fechar as lojas para pressionar os patrões e garantir nossos reajustes.”, pontuou Jaelson Dourado, presidente do Sindicato.

Comerciários devem denunciar desrespeito à CCT

No caso de descumprimento da CCT, as empresas poderão ser punidas atavés de processo judicial. “Se o trabalhador for obrigado a trabalhar pelos patrões, e o sindicato não recomenda, a empresa será punida com uma multa, no valor do piso da categoria, por cada comerciário que laborou. O comerciário deve reunir provas como cupom ou nota fiscal e procurar o sindicato, que dará entrada no processo.”, destacou Antonio Rodrigues, dirigente sindical.

Bom acordo garantido para setor de supermercados

“É mais uma ano que comemoramos este dia tão importante. Importante também para fazermos uma reflexão do que significou 2014, os avanços que tivemos, o bom acordo fechado por nós, que trouxe benefícios para a categoria do ponto de vista econômico e social. Mas ainda há muito a ser feito. Existem, ainda, muitos problemas a serem resolvidos nos supermercados como: ausência de empacotadores; os baixos valores dos domingos e feriados; atenção à saúde dos trabalhadores; etc. Hoje estamos aqui também com a campanha de sindicalização, que tem como objetivo fortalecer a nossa luta para que possamos juntos ampliar as nossas conquistas”, completou Adilson Alves, presidente do Sintrasuper.

Compartilhe:

Deixe seu recado