Foi dada a largada – Pauta de reivindicações 2015 é entregue

Com o tema: “Vem pra luta por mais direitos e mais conquistas”, a Campanha Salarial 2015 será lançada oficialmente na próxima quinta-feira (12), com o bloco dos comerciários O Grito. E pelo 5º. ano consecutivo vai abrir o carnaval do circuito Osmar levando alegria, irreverência e bandeiras de lutas para a maior festa de rua do planeta. “O ponta-pé inicial já foi dado. Estamos buscando valorização dos salários e dos pisos, creches para os filhos dos comerciários, reajustes dignos nos domingos e feriados. A alimentação não sai mais da nossa Convenção Coletiva porque está garantida pela Súmula 277.”, disse Jaelson Dourado, o presidente do Sindicato, que solicitou a participação dos trabalhadores nas negociações. “Pedimos aos comerciários que participem do processo de luta e mobilizações que vamos realizar para conscientizar o setor patronal das nossas necessidades. É fundamental o envolvimento de todos para que tenhamos o resultado que esperamos”.

Sindlojas promete agilidade no processo

Em 2014, devido a intransigência dos empresários, que condicionaram a assinatura da Convenção Coletiva a retirada da alimentação, o acordo só foi assinado em novembro, gerando diversos prejuízos para a categoria. Este ano o presidente do Sindlojas promete agilidade no processo. “Queremos muito que em março estejamos concluindo as rodadas de negociações e se possível firmar a Convenção. A pauta será submetida a avaliação e com certeza terá uma contra-proposta. Sempre digo que temos que encontrar  na mesa de negociações a razoabilidade das partes para achar aquilo que é suportável pela empresa e que satisfaça o trabalhador.”, afirmou Paulo Mota, presidente do Sindlojas.

“É importante que os trabalhadores atendam o chamado do Sindicato para que tenhamos êxito, uma campanha salarial curta e sem desgastes. Não queremos repetir os problemas que  tivemos ano passado, quando a demora na assinatura da Convenção nos obrigou a fechar shoppings e lojas da cidade”, completou Ailton Plinio, vice-presidente do Sindicato.

Entrega na Federação do Comércio
Entrega na Federação do Comércio
Compartilhe:

Deixe seu recado