Centrais se reúnem para definir agenda de 2012

As centrais também discutirão a programação do próximo Dia do Trabalhador, o 1º de Maio Unificado e definirão as prioridades entre as pautas de interesse dos trabalhadores e trabalhadoras do país:

• Mudanças na política econômica – reduzir os juros, conquistar o desenvolvimento com valorização do trabalho, distribuir renda e fortalecer o mercado internoRedução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução do salário;

• Fim do Fator Previdenciário, por uma política de valorização das aposentadorias;

• Regulamentação da terceirização para garantir os direitos dos trabalhadores;

• Ratificação da Convenção 158 da OIT para combater a rotatividade da mão de obra;

• Regulamentação da Convenção 151 da OIT, pelo direito de organização e negociação coletiva dos servidores públicos;

• Reformas agrária e urbana;

• 10% do Pré-sal para educação;

• Pela soberania nacional e autodeterminação dos povos.

Wagner Gomes, presidente da CTB, destaca a importância da reunião do fórum das centrais no início de cada ano: “A unidade das centrais sindicais tem rendido muitos frutos e a elaboração da agenda no início de cada ano norteia todo o movimento das centrais e da classe trabalhadora”.

Sobre a importância de se manter a unidade das centrais, Wagner Gomes declarou ainda ao portal CTB que “Mais uma vez sustentamos a necessidade de solidificar a unidade das centrais e fortalecer o 1º de Maio Unificado”, afirmou o dirigente nacional da CTB.

Compartilhe:

Deixe seu recado