Governo ajuda e Prefeitura atrapalha integração ônibus-metrô

Funcionamento do Metrô de Salvador.
Fotos: Carla Ornelas/GOVBA

A ação do governo estadual ao colocar o metrô pra andar e, agora, garantir meia passagem para estudantes, forçou a Prefeitura a se mover também. Mas, tem algo essencial que  ela está pisando na bola: a integração das linhas de ônibus ao sistema metroviário.

Só estão integradas as linhas para Lapa e Pirajá, revelando que não chega a 30% do total. Além disso, não há integração do transporte complementar, com as vans e micro-ônibus. Quem mora em bairros como Pau da Lima e São Marcos, por exemplo, depende muito dessas conduções.
Vejamos outra situação: Comerciários que moram na Liberdade e trabalham no Shopping Bela Vista. Precisam ir até a estação Campo da Pólvora e esperar a única linha que os leva ao trabalho. Além disso, podemos observar a redução da frota de ônibus e a retirada das linhas do CAB.
GOVERNO AJUDA
Por conta desses equívocos do prefeito ACM Neto (DEM), o governador Rui Costa (PT) anunciou que fará uma licitação para implantar um sistema de transporte complementar para ligar estações do metrô a bairros próximos, num raio de até cinco quilômetros.
Compartilhe:

Deixe seu recado