Governo propõe liberar 30% do FGTS

A nova aplicação faz parte do FI-FGTS, fundo bilionário que usa recursos do FGTS para investir em projetos de infraestrutura e é administrado pela Caixa. O FI-FGTS oferece rentabilidade – e risco – maior que o FGTS. Hoje, o trabalhador não pode investir diretamente no FI-FGTS. A proposta do ministro do Trabalho, a qual o Estado teve acesso, é permitir que o trabalhador invista até 30% do saldo do seu FGTS em um fundo de investimentos em cotas (FIC), o que permitirá elevar o rendimento do dinheiro aplicado. Esse FIC seria um “pedaço” do FGTS e teria rentabilidade semelhante à do FI-FGTS – a do ano de 2013 foi de 8,22% (número mais recente).

Fonte: Época Negócios.

Tags:
Compartilhe:

Deixe seu recado