Inadimplência sobe pela 7ª vez

Na comparação anual, foi a sétima elevação seguida. O crescimento do calote no mês passado mostra a continuidade de uma tendência verificada deste o início do ano. Em 2011 até agosto, o volume de calotes no setor ficou 5,14% maior do que nos oito primeiros meses de 2010 – a mesma alta verificada em agosto sobre julho.

Segundo os dados da CNDL, obtidos por meio das consultas realizadas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), pode-se atribuir o resultado ao comprometimento de parte do orçamento das famílias.

De acordo com as entidades, muitas ainda têm parcelas de presentes para o Dia das Mães e dos Namorados a serem pagas. “Algumas famílias excedem nos gastos e acabam tendo dificuldades de honrarem seus compromissos”, pontuou a CNDL.

A confederação também citou o fenômeno das férias como um item a mais de comprometimento da renda da família. “Há gastos realizados na euforia do mês de julho e que não foram planejados, não cabendo, assim, no orçamento das famílias.

Compartilhe:

Deixe seu recado