indicato realiza reunião com Dieese

Dirigentes do Sindicato dos Comerciários de Salvador se reuniram com representantes do Dieese na manhã desta quarta-feira (23/02) para discutir o crescimento do comércio na Bahia no ano de 2010 e preparar estratégias de campanha baseadas nos resultados da pesquisa anual do comércio, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e divulgada dia 15/02.

Segundo a pesquisa, o comércio varejista fechou o ano de 2010 com aumento de 10,1%, maior alta acumulada desde 2001. Entre os setores pesquisados pelo IBGE, o de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo registrou avanço de 9% no volume de vendas sobre 2009. Exercendo o principal impacto no resultado anual do setor varejista, representando 39,9% da taxa anual do varejo. Também tiveram aumentos expressivos as vendas nos segmentos de móveis e eletrodomésticos, alta de 18,3%. Artigos de uso pessoal e doméstico apresentaram alta de 8,8%. Em seguida aparece o segmento de tecidos, vestuário e calçados, alta de 10,7%.

Apesar do crescimento, os empresários do setor lojista e de supermercados insistem em oferecer um reajuste menor que 3%, alegando perdas pontuais. Na primeira reunião de negociação, realizada em 17/02 com entidades patronais, apresentaram proposta de reajuste salarial de 2,97% para os comerciários do setor lojista e 2% para os trabalhadores dos supermercados. O que não condiz com a realidade do comércio de Salvador, que é o terceiro maior do Brasil e o maior da região Nordeste. “O comércio está crescendo. Desde de 2004 apresenta um forte índice de crescimento, momento ideal de buscar melhorias para os trabalhadores e valorização dos comerciários”, afirma Jaelson Dourado, Presidente do Sindicato .

O Sindicato tem levado as reivindicações da Campanha Salarial 2011aos diversos setores do comércio de Salvador e, de acordo com Dourado, continuará realizando manifestações com o objetivo de chamar a atenção dos trabalhadores e da sociedade como um todo, a fim de garantir bons acordos para os comerciários no ano de 2011. Vale lembrar que, caso não haja negociações, os comerciários vão parar o comércio até que seja realizado um acordo que contemple ambas as partes.

Entre as reivindicações da Campanha Salarial 2011: reajuste salarial de 19,5%, correspondente a inflação do período e o crescimento do setor em 2010; Dia dos Comerciários (17/10); Pagamento de todos os domingos do ano, tendo em vista que os estabelecimentos funcionam todos os dias da semana e só remuneram 34 domingos do ano, entre outros

Compartilhe:

Deixe seu recado