Inflação pelo IGP-10 desacelera em fevereiro, mostra FGV

O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10) -que mede os custos na produção de bens agropecuários e industriais e responde por 60% do IGP-10- caiu 0,19%, ante queda de 0,27% em janeiro. Os preços de bens finais tiveram queda de 0,07% em fevereiro, ante alta de 0,18% no mês passado, puxado por custos menores no subgrupo alimentos processados, que diminuíram a alta a 0,90%, após acréscimo de 2,22%.

Os preços no grupo bens intermediários ficaram 0,21% mais caros, depois de alta de 0,08% em janeiro. Dos cinco subgrupos, apenas materiais e componentes para a manufatura teve alta, de 0,62%, ante 0,12%. O índice de matérias-primas brutas desacelerou a queda a 0,83% em fevereiro, depois de recuar 1,23% no mês passado. Contribuiu para a menor deflação o desempenho dos preços do milho (em grão) (8,33%, ante -0,47%), minério de ferro (-3,84%, após -6,04%) e bovinos (-1,54%, ante -3,85%).

O Índice de Preços ao Consumidor-10 (IPC-10) -que representa 30% do IGP-10- subiu 0,41%, frente à alta de 0,92% no mês passado, influenciado pela desaceleração na alta do grupo alimentação, que subiu 0,17% em fevereiro, após acréscimo de 1,77% no mês passado. Nessa classe de despesa, 17 das 21 categorias de gêneros alimentícios apresentaram taxas menores, entre elas carnes bovinas (-2,53%, ante 3,34%) e hortaliças e legumes (2,93%, após 4,99%).

A partir desta divulgação, o IPC-10 passou a ser calculado com base em nova estrutura de ponderação. A principal mudança em relação à estrutura anterior foi a criação da classe de despesa, comunicação, que subiu 0,32%. Respondendo por 10% do IGP-10, o Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) avançou 0,66%, contra acréscimo de 0,43%.

Os três grupos componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação: materiais e equipamentos (0,29%, ante 0,19%), Serviços (1,00%, após 0,77%) e mão de obra (0,87%, frente a 0,56%). O IGP-10 calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Compartilhe:

Deixe seu recado