Apague a luz e saia!

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Com a chegada do SAC, aumentou em 3mil o número de pessoas circulando sem que fosse ampliado o número de ônibus ou disponibilizadas linhas direto para os bairros. Com isso, a situação dos trabalhadores piorou ainda mais. Para fugir das longas filas que se formam, os comerciários arriscam suas vidas ao percorrerem longos caminhos a pé, por vias desertas sem iluminação, para chegar ao ponto mais próximo (Cabula ou Rótula do abacaxi). Situação que se agrava para aqueles que trabalham no turno da noite, tendo em vista o horário de encerramento do centro de compras (22h).

Ministério Público

Em 2013 o Ministério Público foi acionado e obrigou o Bela Vista a assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) em conjunto com a Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Semut). De acordo com o documento, no local deveriam estar circulando 7 ônibus, por hora, da linha Tancredo Neves/Pituba e 8 das linhas Mata Escura/Pituba e Jardim Santo Inácio/Pituba. O documento também previa alterações nos itinerários dos ônibus “amarelinhos” das linhas circulares: Nossa Senhora do Resgate e Alto do Cruzeiro/Pernambués, com 4 veículos operando a primeira linha e 6 a segunda, com intervalo de 15 minutos e acesso ao shopping. Mas, infelizmente, o TAC não está sendo cumprido.

As manifestações serão intensificadas e se não resolver o trabalhador vai parar!

Compartilhe:

Deixe seu recado