Justiça reafirma: só abre no feriado com acordo

O desembargador Marcos Gurgel reafirmou a decisão que proíbe o trabalho no comércio, em feriados, sem que haja negociação coletiva. O Sindicato inciou conversas com os lojistas, mas o Sindilojas recuou.

Assim, apenas as 16 empresas que já assinaram acordos com o nosso Sindicato poderão abrir nos próximos feriados (LEIA AQUI). Além de regras e o pagamento pelo trabalho nesses dias especiais, os acordos garantiram reajuste salarial, novos pisos, alimentação e o Dia dos Comerciários, entre outros benefícios.

O Sindicato agirá contra as empresas que abrirem no 7 de Setembro, por exemplo. “Depois da decisão do desembargador, iniciamos uma conversa sobre um acordo geral para os feriados com Sindicato dos Lojistas, que acenou com algo mas recuou. Lamentável essa postura”, diz o presidente do Sindicato dos Comerciários, Renato Ezequiel.

Segundo o sindicalista, os 16 acordos estão em sintonia com a ratificação da decisão da Justiça. “Que entende ser a negociação o melhor caminho para a abertura das lojas nos feriados. Estamos em contato com outras empresas para novos entendimentos. Que o Sindilojas avance no sentido da assinatura da Convenção Coletiva de todo o setor”, afirma.

Compartilhe:

Deixe seu recado