Liminar obriga Ebal a admitir aprovados em concurso de 2010

Uma liminar obriga a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) a admitir os aprovados no concurso público realizado em março de 2010. A decisão é da 13ª Vara do Trabalho e foi divulgada na segunda-feira (11), pela Procuradoria Regional do Trabalho da 5ª Região, órgão do Ministério Público do Trabalho.

De acordo com a Procuradoria, a empresa tem 15 dias para apresentar um cronograma de convocação e admissão dos aprovados. Segundo o MPT, caso a decisão não seja cumprida, a multa diária será de R$ 1.000 por candidato aprovado e não admitido.

O Ministério Público do Trabalho divulgou também que a investigação do órgão constatou que, desde a homologação, o concurso convocou cerca de 40% dos aprovados em todo estado. Na capital baiana, esse número é de 20%. No edital, o concurso previa convocação imediata.

Compartilhe:

Deixe seu recado