Livro “1º de maio” reafirma resistência dos trabalhadores

Por Railídia Carvalho

O presidente da União Geral dos Trabalhadores(UGT), Ricardo Patah, declarou que a reedição reafirma o compromisso do conjunto das centrais sindicais brasileiras com a história de luta dos trabalhadores e com a sua continuidade. “Principalmente neste momento em que aquilo que foi colocado pelos trabalhadores no 1º de maio original continua, infelizmente, na ordem do dia”, enfatizou o dirigente.

O livro será relançado na próxima segunda-feira (19) como resultado dos esforços do Centro de Memória Sindical e das centrais Força Sindical, Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), UGT, Central Única dos Trabalhadores e Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

Patah ressaltou ainda a coincidência do lançamento do livro em um momento de unidade das centrais em torna da luta em defesa dos direitos. De acordo com ele, o atual período demonstra um dos mais intensos ataques aos direitos da classe trabalhadora.

O vice-presidente da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Nivaldo Santana, afirmou que a publicação serve de estímulo para que a luta política chegue aos trabalhadores.

“Em um governo que tem como fundamento a desregulamentação do mercado de trabalho, retirada de direitos, reforma trabalhista e a reforma previdenciária o livro incentiva que mais trabalhadores tenham a compreensão classista da luta política que desenvolvemos no país”, completou.

Nivaldo defendeu a massificação de uma literatura operária no Brasil. “A temática do trabalho é muito pouco explorada e divulgada. Datas históricas como o primeiro de maio e outras são momentos importantes de reflexão e da elaboração de teorias que visem a emancipação do trabalho. Por isso é fundamental a divulgação uma publicação com esse conteúdo e características”, defendeu o vice-presidente da CTB.

SERVIÇO

Lançamento do livro 1º de maio: sua origem, seu significado, suas lutas de José Luiz Del Roio

Data: 19 de setembro
Hora: 17 horas
Local: Rua Formosa, 99 – Centro – São Paulo (SP)
Confirmação de presença com Luciana ou Marta (11) 2121-5973

Fonte: Portal Vermelho

Compartilhe:

Deixe seu recado