Lojas do centro abrem no domingo natalino e movimento é intenso

E na época do ano onde o comércio fica mais aquecido, os tablets, jogos, eletrodomésticos e celulares dominaram as vendas, segundo alguns gerentes das principais lojas. O técnico em enfermagem Marcos Fiuza, pai de Apollo Felipe, de 9 anos, aproveitou o tempo livre para poder comprar os jogos do Playstation do filho. “Ele me pediu um jogo para brincar no Play, então trouxe ele para escolher, mas o presente mesmo do Natal já está em casa, embrulhado”, disse. O filho espera ansioso para abrir o presente de Papai Noel. “Eu já vi que a caixa está lá em casa, mas só posso abrir na noite do Natal, eu não sei o que é, mas parece uma caixa de sapato”, disse o garoto. Enquanto pai e filho acertavam os últimos presentes, a mãe ajudava a escolher os artigos natalinos. “A árvore já está montada, mas sempre de um ano para outro perde alguma coisa, então a gente tem que repor. Esses enfeites são só para complementar mesmo o que já tem em casa”, disse Simone Fiuza.

Já  a Fisioterapeuta Daiane Sales comprou os presentes das amigas. “Já está todo mundo com o Natal, hoje comprei mais dois para duas amigas”, afirmou. Ela disse que se surpreendeu com a tranquilidade do shopping pela manhã. “Uma maravilha, tudo bem tranquilo e com preços bons”, pontuou. O cenário, no entanto, foi diferente do sábado, onde os shopping centers da cidade estavam lotados, assim como todo o comércio do centro. Na loja de sapatos, o encarregado de obras Francisco José fez a festa comprando sapatos para a esposa e os dois filhos. “1º dia que vim no shopping, aproveitei o tempo livre. Mas ainda não acabou, a mulher vai querer comprar mais e devo ficar aqui ate a tarde”, revelou.

As lojas que vendem produtos infantis também estavam movimentadas. A vendedora Carla Martins tirou o dia de folga para comprar, ao invés de curtir. “Como tenho quatro sobrinhos, tenho que comprar logo o presente deles porque deixar para a véspera não acha nada de bom” disse. Ela pretende gastar uma média de R$300 com roupas para os pequenos.

Fonte: Tribuna da Bahia

 

Compartilhe:

Deixe seu recado