Lojistas mostram avanços, mas travam em pontos importantes

A primeira reunião com o Sindicato dos Lojistas mostra que a categoria comerciária terá que está firme com o sindicato para assinar um bom acordo.

Os empresários até acenaram com a possibilidade de pagar os reajustes de 2018 e 2019, revelando avanço e bom senso. Entretanto, não falaram em pagamento de todo o retroativo. Afinal, milhares de comerciários e comerciárias estão com os salário defasados há dois anos.

Outros pontos que mostram a necessidade de muita mobilização da categoria é que eles esperam a votação da MP 905 (se será mantida ou não) para definir a questão do trabalho aos domingos. A medida libera o funcionamento do comércio sem acordos. Além disso, querem que a estabilidade da gestante reduza de 90 para 30 dias, após a licença-maternidade.

“Para uma primeira conversa, consideramos importante os empresários avaliarem o pagamento desses reajustes. Entretanto precisam melhorar em questões como os domingos, estabilidade da gestante e os retroativos dos anos de 2018 e 2019. Vamos mobilizar a categoria para ajudar nas próximas negociações”, destacou o presidente do Sindicato, Renato Ezequiel.

Acompanharam o presidente na reunião, a vice-presidenta Rosemeire Correia, a diretora Angélica Romão, o diretor Alfredo Santiago e o vice-presidente do SintraSuper, Edvã Galvão.

Compartilhe:

Deixe seu recado