Mais restaurantes do Sesc e alimentação digna nas empresas

Objetivo da campanha

O objetivo do Sindicato é pressionar o empresariado para garantir que em regiões como Cajazeiras, Liberdade, Surbúrbio, Iguatemi, Barra, Liberdade, entre outros, sejam construídos restaurantes dos Sesc para que o comerciário tenha direito a uma refeição de qualidade com preço justo. “O comércio cresceu e expandiu para diversos bairros, hoje são mais de 200mil trabalhadores em toda a cidade e o Sesc precisa acompanhar estes números e abrir novos restaurantes para atender os comerciários”, afirmou Jaelson Dourado, presidente do Sindicato.

Pesquisa

Segundo pesquisa da Associação das Empresas de Alimentação e Refeição para o Trabalhador (Assert), na capital baiana a refeição fora de casa custa em média R$30 o kilo. Com isso, o trabalhador comerciário lancha no horário do almoço porque os tickets fornecidos não condizem com os valores cobrados nos restaurantes. Além disso, nas empresas que mantém refeitório próprio, como é o caso das grandes redes de supermercados, a alimentação servida normalmente é de má qualidade. “Estamos retomando a campanha em defesa de uma alimentação digna, de qualidade e com preços acessíveis ao trabalhador. Muitos supermercados não tem refeitório próprio porque não possuem estrutura e os tickets oferecidos estão abaixo da realidade praticada no comércio. São dois os focos da campanha: melhorar o valor do ticket e acompanhar a qualidade da alimentação oferecida”, completou Adilson Alves, presidente do Sintrasuper.

FEC Bahia

Segundo Reginaldo Oliveira, o Sesc precisa acompanhar o crescimento do comércio de Salvador. “Esta é uma questão que está na ordem do dia porque o último restaurante do Sesc foi criado há mais de 15 anos. De lá para cá o comércio cresceu, vários shoppings surgiram na cidade e o comércio tradicional não está mais no centro. O Sesc precisa entender que o comércio está modificando e os comerciários também, que merecem respeito e alimentação digna”, concluiu Oliveira.

Compartilhe:

Deixe seu recado