Mais um ato de violência em shopping de Salvador

Segundo testemunhas, uma mulher teria ficado baleada durante a ação, mas de acordo com a assessoria de imprensa do Shopping, ela teria sido atingida no pé apenas por estilhaços de vidro quebrados pela bala e ficou levemente ferida. A cliente foi prontamente atendida pela equipe de emergência do empreendimento, que prestou os primeiros socorros à ela. Em seguida ela foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Os disparos aconteceram no primeiro piso do Shopping Paralela, onde o carro-forte atendia uma agência do banco Itaú, próximo ao mercado Super Ideal. De acordo com testemunhas, os tiros causaram confusão e gritaria dentro do shopping. Lojas fecharam as portas imediatamente com receio de que estava sendo realizado um arrastão.

Assalto com vítima fatal

Este é o segundo ato de violêncio em pouco mais de uma semana em shoppings de Salvador. No dia 8/6 uma mulher foi morta depois de ser baleada durante um assalto no Max Center, na avenida Antonio Carlos Magalhães (ACM), no Itaigara, segundo informações da 35ª Companhia Independente de Polícia Militar (Iguatemi). Virginia Maria Pacheco Nonato, 62 anos, foi baleada no tórax.

De acordo com a PM, houve um assalto a uma loja de joias dentro do shopping. Um dos vigilantes percebeu a movimentação e abordou um dos suspeitos, com quem entrou em luta corporal, depois do roubo. Neste momento, o outro ladrão começou a atirar aleatoriamente.

“A princípio a informação é de que foram dois elementos na moto, mas já se comenta que tinham mais três e provavelmente outro veículo dando cobertura”, diz um PM da 35ª CIPM.

Na luta, o vigilante conseguiu retirar a arma de um dos suspeitos, segundo a PM. No entanto, o outro assaltante continuou a atirar e se seguiu um tiroteio. A senhora baleada estava na parte externa do Max Center, caminhando pelo calçamento do shopping distante da loja assaltada. A PM acredita que ela era uma cliente do local.

Os ladrões fugiram de moto. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram a ser chamadas ao local, mas não conseguiram evitar a morte da vítima.

A 13ª Companhia Independente de Polícia Militar (Pituba) e 35ª Companhia Independente de Polícia Militar (Iguatemi), fazem rondas na região em busca de suspeitos. O corpo ainda foi removido do local por volta das 17hs. A arma que o vigilante conseguiu recuperar foi encaminhada para a perícia. A polícia também já está com as imagens de câmeras de segurança da região para tentar identificar os ladrões. Virginia era dona de casa e morava próximo à avenida Paulo VI, na Pituba.

 

 

Compartilhe:

Deixe seu recado