Mesmo sendo alvo de diversas denúncias por corrupção, PSDB é contrário à cassação de Cunha

O discurso dos tucanos é que o peemedebista prestou um “serviço relevante para o país” ao dar celeridade ao impedimento da presidenta Dilma Rousseff e não merece a condenação institucional da sigla.

Coincidência ou não, após encontro entre Eduardo Cunha e Michel Temer, ocorrido no dia 26 de junho, a situação do presidente afastado da Câmara dos Deputados parece ter melhorado um pouco, mas ainda não a ponto de salvá-lo, é o que ecoa pelos corredores do Congresso Nacional.

Temer recebeu Eduardo Cunha no Palácio do Jaburu, onde conversaram sobre o “quadro político”, de acordo com interlocutores. Segundo informações de O Globo, apesar da presidência confirmar o encontro, Cunha negou a reunião, dizendo que “Não estive ontem com ele. Devem ter se enganado de data”.

Fonte: Portal CTB

Compartilhe:

Deixe seu recado