Nos supermercados, reajuste de 6,22% e abono de R$ 217,61

Mesmo em um cenário difícil, o SintraSuper assinou mais uma boa Convenção Coletiva para os trabalhadores e as trabalhadoras de supermercados.

Garantiu reajuste de 6,22%, abono de R$ 217,61, Dia dos Comerciários, alimentação, pagamento dos domingos e feriados, entre outros benefícios. Em um ano, a categoria terá ganhos acima de R$ 7 mil. As diferenças devem ser pagas na folha de maio e o abono em junho.

“É o SintraSuper conquistando melhores dias para quem trabalha nos supermercados de Salvador. Sempre presente no dia a dia dos trabalhadores e trabalhadoras, garantindo muitos benefícios. É importante a valorizar esse esforço e mais essa vitória, se sindicalizando e fortalecendo a luta”, afirma a presidenta da entidade, Rosa de Souza.

REAJUSTE SALARIAL: 6,22%

3,22% em março + 3% em setembro. Sem acordo, a empresa poderia deixar os salários congeladoss.

PISOS SALARIAIS

Maior: R$ 1.247,87 (março) e R$ 1.284,15 (setembro). Sem o piso, seria salário mínimo. As diferenças sobre o mínimo (R$ 1.100,00) garante R$ 1.992,12 em um ano.
Menor: R$ 1.144,20 (março) e R$ 1.187,46 (setembro).

ALIMENTAÇÃO diária

R$ 13,19. Pode-se ser ticket, servir no refeitório, cesta básica ou refeição pronta. Isso garante R$ 395,70 no mês e R$ 4,748,40 no ano (descontando os 20%, ficaram R$ 3.798,72). A maioria das empresas não fornece refeição e nem tem refeitório.

TRIÊNIO

Mais 3% sobre a remuneração mensal, para cada 3 anos de serviços na empresa. Quem ganha, por exemplo, R$ 2.000,00, recebe todo mês R$ 60,00 a mais. Em um ano, ganha R$ 720,00. Quem tem 6 anos, ganha R$ 120,00 no mês e R$ 1.440,00 no ano.

QUEBRA DE CAIXA

Mais 10%, todo mês, para quem trabalha no caixa. Quem recebe o Piso de R$ 1.247,87 (março) e R$ 1.284,15 (setembro) ganhará mais 1.519,21 no ano.

DOMINGOS E FERIADOS

Graças ao acordo, sua empresa têm que pagar um valor a quem trabalhar nesses dias especiais. Pode ser em dinheiro ou cartão alimentação/refeição. Veja quanto você receberá em cada mês e durante um ano.
Domingos: R$ 26,93 (até 50 empregados) e R$ 36,26 (acima de 50).
Feriados: R$ 36,26 (até 50 empregados) e R$ 54,96 (acima de 50). “Sexta-feira Santa”, 01/05/2020 e 24/06/2020, embora não recomendado. a) R$ 35,54 (até 50 empregados), funcionamento até 14hs; b) R$ 53,92 (acima de 50), até às 14h; c) R$ 51,60 (até 50 empregados), após 14h; d) R$ 80,47 (acima de 50), após 14h.

DIA DOS COMERCIÁRIOS

Será 18 de outubro de 2021. É a única categoria que tem o seu feriado próprio, graças ao acordo. E os patrões queriam acabar.

MAIS CONQUISTAS

E não é só isso que o Sindicato consegue. No Dia dos Comerciários, tem sorteio de PRÊMIOS. Teve a campanha da VACINAÇÃO para a categoria. Sem esquecer a campanha de solidariedade, com DISTRIBUIÇÃO DE CESTAS BÁSICAS para desempregados.

R$ 7.310,05 DE GANHOS e apenas dez parcelas R$ 13,50 de TAXA

Só com os ganhos do piso maior, alimentação e quebra de caixa, você ganhará, em um ano, R$ 7.310,05. Sindicalizado(a) não paga taxa. Quem não é, contribui com a Taxa Assistencial: dez parcelas de R$ 13,50. Ela ajuda em todas essas vitórias. O Sindicato conquistou tudo isso e só tem os recursos dos trabalhadores para fazer a luta. SINDICALIZE-SE e fortaleça a nossa luta!

VACINA E SALÁRIO

É bom pra vida e a economia. Melhor, ainda, para os trabalhadores. Depois do acordo, vamos seguir a luta para que a categoria seja prioridade na vacinação contra a Covid-19.

Compartilhe:

Deixe seu recado