Operação descarta 7,5 toneladas de produtos congelados em dois supermercados

Mais de 7 toneladas de produtos foram encontrados em condição imprópria para consumo em dois hipermercados de Salvador, nesta quinta-feira (5), durante a “Operação Congelados”, que envolveu profissionais da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), dos Ministérios Público e de Agricultura, do Procon, do Ibametro e da Vigilância Sanitária.

A ação teve como foco produtos perecíveis, como carnes, peixes, embutidos, derivados de leite, entre outros, que, mesmo não sendo mantidos sob refrigeração e congelamento, eram vendidos nos hipermercados Bompreço e Extra, localizados no Iguatemi e Avenida Paralela, respectivamente.

No Extra da Paralela, sete toneladas de produtos foram descartados. Já no Hiper Bompreço do Iguatemi foram encontrados apenas 500 kg em condição inadequada de armazenamento.

Os dois estabelecimentos foram escolhidos como alvo da operação, pois eram os mais denunciados pelos consumidores. Somente neste ano o Hiper Bompreço foi autuado 15 vezes pelo Procon, enquanto o Extra recebeu quatro autuações, todas relativas à problemas como preço diferenciado e produtos sem preço.

Em nota à imprensa, o Procon informou que além de autuados, os estabelecimentos também poderão ser punidos com outras sanções, como o fechamento das lojas, caso as irregularidades persistam. Amostras dos produtos impróprios ao consumo e de procedência ignorada, entre outras irregularidades, foram recolhidas e encaminhadas pela Decon ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). Exames periciais vão constatar a qualidade dos produtos, cujos laudos deverão estar concluídos entre 30 e 60 dias.

Compartilhe:

Deixe seu recado