Pagamento do IPTU pode ser realizado em até seis prestações

Os contribuintes que não optaram em realizar o pagamento da cota única do IPTU com os 10% de desconto têm agora a opção de realizar o pagamento parcelado em até seis vezes, sem o desconto. O Imposto Predial e Territorial Urbano é utilizado para a realização de serviços essenciais para a população, como obras de infrestrutura, saneamento básico, esgotamento sanitário e melhorias nas áreas da saúde e educação.

“Pagar o IPTU é um ato de cidadania, pois o imposto se reverte em obras e benefícios para a própria sociedade. Então a gente pede ao contribuinte que cumpra com o pagamento e aproveita para informar que não haverá prorrogação para os prazos de vencimentos”, afirma Renato Almeida. O cálculo do IPTU leva em conta o tipo do imóvel – casa, apartamento e loja -, a área, tipo de ocupação, ano e padrão de acabamento da construção, localização, características da rua e da região e os preços correntes das transações no mercado imobiliário.

Aqueles contribuintes que ainda não fizeram o seu pagamento, podem procurar a Secretaria Municipal da Fazenda – SEFAZ que tem uma equipe especializada preparada para atendê-los. “Quando a Prefeitura não alcança níveis satisfatórios de recolhimento, ela termina não cumprindo todas as ações previstas no orçamento municipal”, ressalta o secretário.

Compartilhe:

Deixe seu recado