Páscoa chega mais cedo no comércio: ovos de chocolate já são vendidos em lojas de Salvador

Prevendo um incremento de até 30% nas vendas em relação ao ano passado, as principais lojas e supermercados já estarão com seus estoques a postos até o final desta semana. Mais do que isso, grande parte dos ovos já está no estoque e já há estabelecimento com as parreiras montadas.

“Eu estava passando e disse: ‘oxe, já está tudo arrumadinho?’ Depois é que fui lembrar que a Páscoa este ano é em março”, surpreendeu-se Ieda Cristina Figueiredo, ao entrar nas Lojas Americanas do Shopping Barra. Por lá, ontem, os funcionários faziam os últimos ajustes nas parreiras de ovos e quem quisesse já podia levar o seu para casa.

Há opções como o Diamante Negro tamanho 15 por R$ 19,99 e o Alpino nº 23 por R$ 59,99. Para quem quer economizar, uma opção é levar um ovo exclusivo, com a marca das Americanas. Tem do Bob Esponja, Pica Pau, Marie, Max Steel e das Princesas. Custam a partir de R$ 5,99.

No entanto, os clientes ainda não se animaram para começar as compras. “Eu gosto de comprar antes, porque em cima da hora fica tudo quebrado, mas ainda está muito cedo”, justificou dona Ieda.

“Comprar agora para quê? Se eu comprar hoje a gente come antes da hora”, riu a pediatra Ana Paula Machado. Ela foi, ontem, à Perini da Vasco da Gama fazer compras com o filho Dimitri, de 1 ano e meio. “Este ano, ele vai ganhar um ovo pequenininho”, prometeu a mãe, aproveitando enquanto pode evitar que o filho coma muito doce.

A mãe de Gabriel Brito Fernandes, 11 anos, já não consegue mais o feito. “Ano passado, eu ganhei três ovos grandes e dois pequenos. Comi tudo em duas semanas”, contou o menino.

Na Perini, já tem ovo de Páscoa desde antes do Carnaval. E segundo o chefe de produção da rede, Albert Vernedas, até o domingo de Páscoa serão produzidas 12 toneladas de chocolate. “São 400 quilos por dia, um incremento de 20% em relação a 2012”, garante.

Este ano, a novidade da Perini é o ovo sabor prestígio, que leva na massa coco ralado, leite condensado, creme de leite e chocolate meio amargo. Sucesso no ano passado, os recheados com frutas vermelhas, laranja com Cointreau e brigadeiro continuam sendo vendidos.

Já para quem deseja dar um presente especial é oferecida a possibilidade de comprar ovos de Páscoa customizados, como o ovo com mensagens personalizadas escritas na casca e os ovos com presentes no interior, ambos feitos sob encomenda. Mas, como Páscoa não é só chocolate, Vernedas anuncia que, duas semanas antes da data, a rede começará a comercializar pratos típicos prontos, como bacalhau, mariscada, moqueca e caruru.

Supermercados Os supermercados ainda não estão com os ovos arrumados, mas é por pouco tempo. “A gente não expôs ainda, mas já está tudo lá no estoque. Se o cliente quiser levar, eu vou lá e pego”, ofereceu o encarregado de vendas do Bompreço da Vasco da Gama, Carlos Augusto.

Nesta terça, a unidade começava a expor os vinhos e chocolates importados. Uma garrafa de Pérgola, por exemplo, está custando R$ 12,98, e a caixa de chocolates Madlen, de 500g, R$ 33,43. A previsão é que as parreiras de ovos comecem a ser montadas amanhã. O grupo Walmart, dono da rede Bompreço, prevê um incremento de 30% nas vendas em relação à Páscoa passada.

No Extra, os primeiros ovos a chegar foram os da marca Qualitá, exclusiva do Grupo Pão de Açúcar, dono da rede. É a opção mais barata da loja. A unidade de 80 gramas custa R$ 6 e a caixa com miniovos, R$ 8. Os ovos já estão nos estoques nas lojas desde o dia 13 de fevereiro, mas a previsão é que sejam arrumados nas parreiras até esse final de semana, junto com as outras marcas.

A expectativa é aumentar as vendas em 7% se comparado ao mesmo período do ano passado. No Extra, o quilo do bacalhau Saithe sai por R$ 18,99, mais barato que no concorrente Bompreço, onde o quilo sai por R$ 27,98. No entanto, o Bompreço tem o melhor preço no bacalhau do Porto: R$ 35,90 contra R$ 49,90 no Extra. No GBarbosa, a previsão é de ter as parreiras de ovos montadas até sexta-feira.

Compartilhe:

Deixe seu recado