Patrões continuam dificultando as negociações

Ao longo deste período fomos às ruas e shoppings da cidade para convocar a categoria a participar das ações e informá-la de toda a situação. Entendemos a preocupação de todos, até porque a data base dos comerciários é março e até o momento não houve consenso entre as partes.

É bom lembrar que as negociações continuam a todo vapor, não estamos de braços cruzados. Porém, os patrões tem dificultado as negociações e condicionam a assinatura da convenção à retirada da cláusula da alimentação, um direito adquirido em 2013 e que não pode ser retirado. O Sindicato não vai permitir tamanho absurdo. Iremos até as últimas consequências para impedir que os trabalhadores sejam vítimas de novas perdas.

Portanto, solicitamos a compreensão e colaboração de todos no sentido de compartilhar nossos posts informativos para que todos os trabalhadores fiquem a par da real situação imposta pelos representantes dos patrões. Vale destacar que, após a assinatura do acordo, os percentuais de aumento devem ser aplicados nos valores com data retroativa a março, e toda empresa deverá repassar as diferenças para os trabalhadores.

Compartilhe:

Deixe seu recado