PEC 241 pode ser votada nesta terça; novos protestos tomam conta das ruas pelo Brasil

Compondo a agenda de lutas, as frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular convocaram protestos nas principais cidades do Brasil contra a chamada PEC da maldade. Em São Paulo, Pernambuco e Ceará manifestantes denunciam os impactos da proposta, que poderá ser votada nesta terça em segundo turno na Câmara dos Deputados.

O estudo ‘Austeridade e Retrocesso: Finanças Públicas e Política Fiscal no Brasil’, lançado no dia 10 de outubro, desconstrói a PEC 241, ponto a ponto, o discurso da austeridade desenhado pela equipe do presidente sem voto, Michel Temer, e que vem sendo reforçado pela mídia hegemônica nas últimas semanas. Elaborado por iniciativa do Fórum 21, Fundação Friedrich Ebert, GT de Macro da Sociedade Brasileira de Economia Política (SEP) e Plataforma Política Social apresenta uma análise aprofundada da questão fiscal, apontando seus problemas reais, denunciando os problemas fictícios e desmascarando os mitos que sustentam um discurso que se traveste como técnico, mas que atende a interesses políticos.

Sem respaldo junto à sociedade, já que pesquisas mostram que mais de 80% da população rejeita a proposta, o presidente sem voto, Michel Temer, corre para garantir a aprovação do receituário maldito e que atende aos interesses do capital financeiro nacional e internacional. Não há dúvidas de que a PEC 241 não só congelará os investimentos, ela irá brecar toda uma geração que seria beneficiada com políticas públicas que mudaram o horizonte do país. E não cansaremos de repitir que trata-se de uma proposta antidemocrática e injusta, que desmonta o Estado.

Serviço:

São Paulo (SP), a partir das 18h no Vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na avenida Paulista
Recife (PE), a partir das 16h na Praça do Derby
Fortaleza (CE), a partir das 16h na praça da Gentilândia

Fonte: Portal CTB

Compartilhe:

Deixe seu recado