Pesquisa revela que preços dos alimentos voltarão a subir

Cerca de 70% dos consumidores notou mudanças nos preços dos alimentos, outros 22% disseram não ter notado nem aumento nem redução, e 5% viram baixa. A pesquisa foi feita em 20 e 21 de março. No dia 8 de março, o governo zerou impostos da cesta básica.

Para Claudio Felisoni, presidente do conselho do Provar (Programa de Administração de Varejo) e do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo), os produtos têm comportamento diferenciado, dependem de clima, condições da safra. Mas, o aumento nos preços de alimentos não é percepção, é fato.

Vale lembrar que a desoneração de tributos incluiu carnes, café, óleo, manteiga, açúcar, papel higiênico, pasta de dente e sabonete. Alimentos como leite, feijão, arroz, farinha de trigo ou massa, batata, legumes, pão e frutas já não têm tributação federal.

Compartilhe:

Deixe seu recado