Preço de alimentos sobe menos, e IPC-S desacelera em janeiro, diz FGV

Duas classes de despesa apresentaram desaceleração em suas taxas de variação: alimentação (de 1,36% para 0,47%) e vestuário (de -0,12% para -0,35%), com destaque para hortaliças e legumes (de 8,96% para 6,11%) e roupas (de -0,47% para -0,70%).

Na contramão, tiveram aumento nas taxas de variação os grupos de gastos com educação, leitura e recreação (de 3,39% para 4,90%), transportes (de 0,77% para 0,86%), despesas diversas (de 0,30% para 0,46%), habitação (de 0,32% para 0,33%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,43% para 0,44%).

Tags:
Compartilhe:

Deixe seu recado